Restauro Exemplar no santuário de Porto D´Ave

Escrito por Diário do Minho |27 Agosto 2003

"Notícia do encerramento dos trabalhos e inauguração do retábulo do santuário de Nossa Senhora de Porto D’Ave"

“O retábulo de madeira do século XVIII abandonou definitivamente a cor castanha, devido à purpurina oxidada acumulada (só esta tarefa levou um semestre) e recuperou a policromia original, graças ao trabalho de dezena e meia de técnicos licenciados em conservação e restauro, pertencentes a uma empresa de Terra de Bouro. “